2010-05-02

Está ela no tu


A primeira vez que o encontrou, recorda-se como mais no horizonte. Palavras faltam e sempre uma pré-estreia. Ele entrou dentro e ficou lá. Vive, respira porque faz vibrar forte a alma e o espírito dança. E não é um peso, um toque que faz olhar pro alto. Por ele também sabe e não há desculpas. As palavras em conjugação: antecedem e ultrapassam, que modificam na plenitude. O ciúme em um quarto quando falta o sol, se ela não está nele. Ele e de todos aqueles que precisam sempre de um apoio, como um som no secreto de quem é sozinho. Agora sabe que é também pra ele, por isso vive nele em zelo. Em navios por mares, como desejo ardente em olhos. É uma pele amável que chama pra tocá-lo com os dedos em leveza. E se atravessa um piano e a morte esta longe, portanto, por ele que muitas vezes sabe ser doce como um perfume e um perfeito conquistador e companheiro. Algumas vezes bate na cabeça, só que é um soco que nunca faz mal. Também, sabe que faz girar de cidade em cidade por descobertas. O sofrer um pouco mais pelo menos se vive a essência. É uma dor quando parte vive por ele dentro do extremo, cresce através da voz. O amor se expande e produz, e nada mais se há. Renúncia adorável ! E quantos outros encontrarão que como ela tem escrito nas partituras: - Meu sol, tu estás comigo e eu em ti ! Em cima de um palco ou contra um muro até o limite. Até em um amanhã dura, na beira a cada dia uma reconquista. O protagonista sendo sempre ele em ensinamentos, porque tanto não há outra saída, mas mergulho profundo. A música sabe, sinceramente, nunca a trai, porque dá pausas e notas em liberdade, se tivesse outro não seria assim. A vida com amor a ele, vive. Vivendo por ele a música, como única e inesquecível.

. canteiro pessoal

3 comentários:

Nadine Granad disse...

Muito belo!
Essa imagem de constante "pre-estreia"!...rs... Engraçado isso... quando encontramos abrigo no texto alheio!

Admiro-a!...

Embora nem sempre comente... sempre li(n)da(o)!...

Abraços carinhosos =)

Juan Moravagine Carneiro disse...

A música é sempre nossa especial amiga...para não dizer a única em certas situações...!

Canteiro Pessoal disse...

Juan,

a música água viva!

Abraços!