2010-05-16

The Secret Garden

Procurando entre palavras, algo que eu conhecia, em uma porta encontrei um jardim secreto. Discreto, lindo, rico, um jardim secreto onde flores e palavras brotavam em um canteiro pessoal. Palavras muitas vezes confortantes, flores multicoloridas que só a imaginação é capaz de criar. Sentei ao lado desse canteiro, era misterioso, e eu sem medo, e com uma inexplicável vontade de me aventurar nesse jardim, quis desvendar os mistérios desse Canteiro Pessoal. Não há como explicar o que cada flor, cada palavra, cada cor me fazia sentir. Olhei uma flor e fiquei intrigada, parecia solitária, mas as palavras que ela exalava eram alegres, como se o fato de ela estar ali um pouco mais adiante das outras, fizesse com que ela observasse os riscos e as vantagens da solidão e na solidão ela devorava a si mesma, conhecendo lados que não conhecia, transformando suas palavras nas mais puras palavras daquele canteiro, palavras do fundo do coração, cores da alma. - Quem será o jardineiro ? Quem será a pessoa do coração puro que faz florescer as mais doces palavras, a flores de cores nunca vistas ? Era um anjo. Anjo que nunca vi, mas poderia sua presença ali, forte e suave, de alma pura, coração cheio de amor. Havia algo nele, e naquele lugar que me faz sentir em casa. Mas é à hora de ir. Indo vou levando comigo um pouco de vida desse Canteiro Pessoal, para o meu singelo jardim que está apenas começando a florescer.

Aguitoni, Karen


Obrigada, silencio-me e escorre lágrimas adocicadas.

Canteiro Pessoal

6 comentários:

Alma Poética disse...

Anjos, as vezes existem anjos que nao possuem asas, esses denominamos e amigos do peito, muito encantado com sua bela escrita bjux uma otima semana

Marquinhos

Juan Moravagine Carneiro disse...

Belo texto...

Não conhecia Aguitoni, Karen!

Gosto da representação "Arcanjos de Enxofre" que Piva usa...

abraço

Sr do Vale disse...

quando há em nós um estado de encantamento, todos os jardins são mágicos, os dias lindos, as noites românticas e os anjos invisíveis semeiam plantas de todos os tipos, onde flores e perfumes, frutos e folhagens, despertam um brilho em nossos sentidos.

ALUISIO CAVALCANTE JR disse...

Olá.

Sempre há alguém
que em algum momento da vida
nos devolverá
ao nosso jardim secreto,
onde toda a felicidade
que um dia imaginamos existir,
está guardada,
esperando o momento de se fazer plena em nós.

Uma linda semana para ti.

Canteiro Pessoal disse...

Marquinhos, estas não são minhas belas palavras como exprimes, e sim, de um ser, uma flor, que tempos atrás me agraciou com estas palavras. Muito encantado estás com este ser de nobre valor e fragrância, e todos os méritos a 'ela', que tão brilhantemente exibi uma sensibilidade peculiar.

Rafael Carneiro, 'Aguitoni, Karen', a primeira pessoa que adentrou nos meus comentários. Uma apaixonada por letras e ao incomum, não conhecida, pois é como eu e tu. Esta que, descobriu-me, e à porta para outros mais, por vir no embrenhar em meus enredos. Jardim Secreto, que hoje já não é mais secreto, afinal, tenho-te 'ave rara' em minhas leituras, minha tela.

Abraços belos vasos atuantes em comunicação metamorfal.

V_ Leal disse...

doces palavras volte e meia nos enjoam.