2010-06-04

Dialogar à noite?



O belo, intenso recantado em partículas sentidas, à entrega: voo. Alçar letras ? Adentrar, não castrar o como é por dentro, mesmo que o dentrear seja uma galáxia, e capture as formas na presença que falte tato. No fundo o saber sonhar desaprendido instigue, incite comunicação ultrapassando a semântica, famosa acadêmia de letras, e sim, nos gestos, olhares recriados pois já houve criação à sopro. A gota de chuva do céu caída, inundando a terra que a absorveu, mas deixado de lado. Por que ? Receio do aventurar-se na alma de outrem por saber que é um universo, e sairá muitas vezes sem entendimento, afinal o ensinado em regras, teorias está tatuado: é a doença dos séculos. Nas estranhas, máscaras que acabam por cair, e nos delírios adentrar na ardência do fogo consumidor.


Lá estão os poemas que esperam ser escritos. Estão paralisados, mas não há desespero, há calma e frescura na superfície intacta. Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário. Convive com teus poemas, antes de escrevê-los.

Andrade, Carlos Drumnond


. canteiro pessoal

4 comentários:

Sr do Vale disse...

Faz-me uma cópia da chave?

Canteiro Pessoal disse...

Penetra surdamente no reino das palavras. Lá estão os poemas que esperam ser escritos. Estão paralisados, mas não há desespero, há calma e frescura na superfície intacta. Ei-los sós e mudos, em estado de dicionário. Convive com teus poemas, antes de escrevê-los. Tem paciência, se obscuros. Calma, se te provocam. Espera que cada um se realize e consume com seu poder de palavra e seu poder de silêncio. Não forces o poema a desprender-se do limbo. Não colhas no chão o poema que se perdeu. Não adules o poema. Aceita-o como ele aceitará sua forma definitiva e concentrada no espaço.

Andrade, Carlos Drummond

Canteiro Pessoal disse...

Sr. do Vale. Cópia, não! Bata à porta que abro, é mais honroso. E digo mais: estendo o tapete vermelho para que seus pés, sintam-se bem amados.

Abraços e obrigada por todas as palavras tão cheirosas.

Sr do Vale disse...

Tem muito mais que razão.