2010-06-19

ópera

dos meus olhos
descendo e subindo
a um só tempo
minha iniciação e sintonia.
Al-Chaer


as sensações em partículas
fluindo como um rio em primavera.
o permear dos sentidos a todo vapor
e no se curvar ante uma fronte
sempre em primeira vez.
no silêncio a alma submetida à canção
que sacia e renova.
o que como seta faz olhar
para conhecimento transbordante,
na melodia sobre a pele
que acalma a inquietude.



. canteiro pessoal

12 comentários:

Canteiro Pessoal disse...

aluado [a]
ler
a lua do mar
rio
prata

Al-Chaer

ROSANA VENTURA disse...

Vim retribuir a visita e me deparo com um Blog maravilhoso!
Amei!

Juan Moravagine Carneiro disse...

Impressionante como Saramago se faz presente mesmo em sua ausência...

agradecido pelas visitas ao Rembrandt

abraço

Juan Moravagine Carneiro disse...

Eu aqui comentando um texto seu e me vindo na cabeça trechos de livros dele...vai entender...

beijos

Canteiro Pessoal disse...

Rosana, amei adentrar no teu recanto, muito aqueceu meus pés no estado frio.

Rafael, seu espaço, é uma casa que oferece prataria refinada. O sabor das letras alimentam-me e sacia-me de forma intraduzível. Já sobre Saramago, creio que se fará presente ainda mais em morte, assim como Lispector se faz, minha escritora de todas as horas, que me casa intimamente em letras e caça profunda.

Abraços.

Sil.. disse...

Incrivel como passar aqui me acalma a alma, de tanta poesia!

Um abraço minha querida!

Mila disse...

Belo seus escritos...
"na melodia sobre a pele
que acalma a inquietude"
Amei esse verso, perfeito.
Bjs querida
Mila Lopes

Sr do Vale disse...

sinto-o como um recado intercelular penetrando os poros.

lis disse...

Que lindo esse Jardim secreto ,onde descubro um Canteiro de palavras , lindas e delicadas fotos Já sei que vou passar alguns minutos dos meus dias aqui, lendo e me encantando .Obrigada por abrir essa página pra mim , adoro poesia e coisa belas assim rs.
Bom voce ter gostado do Flor de Lis, fica a vontade pra ir vendo que coloco por lá.
"Acalmar a inquietude e saciar a alma " com palavras poéticas, virei buscar aqui.
.abraços

Canteiro Pessoal disse...

Sil querida, que bom acalmá-la, isso muito me comove e absurdamente instiga o encéfalo, incita-me no jorrar águas tranquilas banhadas em poesia viva.

Um abraço apertado flor.

Canteiro Pessoal disse...

Sr do Vale, sinta o toque, pois o recado intercelular penetra os poros e prepara o prato, e os pés imersam águas cristalinas. Vibrante, de tanto ser raízes, na flor que desabrocha.

Abraços tesouro.

Canteiro Pessoal disse...

Mila, belos são as retinas que o criador te presenteou, e a mim uma privilegiada por tê-la ao jardim em nados com profundidade de dedos em sangue.

Lis, doce Lis, é uma graciosidade recebê-la ao canteiro de palavras, e juntamente contigo passear pelo jardim contendo variedades de flores e suas respectivas fragrâncias, que acalmam a inquietude, saciando alma, com sabor de um vinho tinto suave.

Abraços gardênias.