2010-08-15

dois em um



a tocar-me os olhos
lágrimas de estrelas
levadas pela tua mão


Martini, Luciano


O esplêndido de ver a nota profunda
aprofundado oceano aos olhos penetrar
do clássico ao pop tatuado petalar
da beleza a ponte em uso incomum
no perfeito suspirar destinado sentir nu


O esplêndido de ser lado a lado
escreve-se na revisão redescoberta de toques
da estrada cuja tinta potencial, renova-se
pelo sol prenuncia os vasos à comunicação
na luz da alvorada se tornar vivo, ativos


O esplêndido de derreter-se até o livre
ao prazer degustativo do domingo
lugar aprazível do vindouro renascimento
repousos em braços momentos para sempre
e da indagação em primeiro olhar andante:
- E nós, o flutuar ?


. canteiro pessoal

4 comentários:

Zélia Guardiano disse...

Querida Priscila
Muito agradecida, vim retribuir a sua visita e encantei-me com este seu lindo espaço, com seus escritos!
Tanto que passo a seguir-te e virei sempre...
Grande abraço!!!

Canteiro Pessoal disse...

Zélia, também encantei-me com teu cantinho, e tornei-me tua seguidora, no colher as notas que por lá exprime com tanta veemência, calor.

Abraços pétala

wallper.lima disse...

Retornar é sempre bom, quanto mais ler algo que nos conpleta e nos faz bem.
Apareça amiga, estou com saudade, e o Wallarte esta fazendo aniversário de 2 anos.
Bjocas.
Wal.

Canteiro Pessoal disse...

Wal, irei lá sim 'com qualidade', passei a pouco para conferir o novo, mas não comentei. Saudades também, e perdão pela ausência.

Abraços querida