2010-12-15

Flor dos Lábios

Enquanto há prostrar resgata aliança, e da viagem com nomeio o início na entrega sem freio se pega de volta os braços calorosos que ama em notas altas e baixas, que de afeto o segredo desabrocha e frutos amadurecem o que precisava e precisa em versões metamorfais fronte velocidade que pinta os lábios. O toque que novamente faz adentrar na lembrança de quando não existia ninguém além do que predominava na retina, e se aumentava as doses de vinho sobre a pele do amar mais e, nos passos de dança se declamava o não vá, pois residia convicção de que coração em inteireza, como reino nas mãos do artista arquiteto supremo se destranca no profundo de vida reescondida na doçura do olhar, pelo reflexo colorido. Dos acordes que ficam de luar que reaviva, vesti-se de branco os contornos, e na promessa sabido que estará aqui ante à espera por habitação do íntimo tão desejável e de alguma forma o sopro traz à beira das manhãs, amanhecendo todo o amor que se tem salvação; gestos ternos se encontram no jardim o jeito que se faz enxergar o que o coração precisa saber na cumplicidade de mãos entrelaçadas, que na voz de trovão as noites desfalecem, respira-se na meiguice da imagem – o lugar transbordante na claridade, dedos a gravar o presente que se escuta. Já não se mede o tempo, desegreda o nome, diz que o corpo se derrama na orla do sangue e desadormece o caminho do silêncio, prende-se à margem das palavras com violino em sussurro revelado.


Canteiro Pessoal




Não é que eu queira estar pura da vaidade, mas preciso ter o campo ausente de mim para poder andar. Se eu andar. Ou não querer ter vaidade é a pior forma de se envaidecer? Não, acho que estou precisando de olhar sem que a cor de meus olhos importe, preciso ficar isenta de mim para ver.

Lispector, Clarice

10 comentários:

Suzana Martins disse...

Não demores, sentirei falta de suas palavras!!!

Boas festas pra tii!^^

Feliz 2011 e muito obrigada pelas belas palavras em 2010!!

Beijos linda!!^^

Leo disse...

Pois volte renovada e cheia de palavras pra nós.

Um beijo e feliz natal!

valdivino disse...

Boas festas!

Feliz natal e um prospero

ano novo.

bjos.

Menina no Sotão disse...

Eu gosto de partidas porque no final elas se transformam em chegadas e o corpo fica ansioso e se veste e se despe e se envolve e prepara. Enfim, vai e vem e a gente acaba se reencontrando. Bacio

Liza Leal disse...

Vim apreciar as cores de seu canteiro.

bj
.
LiZza

Gaby Soncini disse...

Boas festas!!!

Tão linda você *.*

Grande Beijo.

Danilo Castro disse...

Pri,

Obrigado pelos bons votos. Quem em 2010 nossa literatura evolua mais ainda e que possamos dedicar mais e mais tempo a essa atividade que amamos tanto.

Beijo.

Paulo disse...

O que dizer, Priscila?
É só escutar as notas do violino que toca, toca e nos toca.

Beijo e feliz Natal

Thiago Ya'agob disse...

Priscila, minha amiga

venho aqui, em letras, registrar meus votos de um 2011 repleto de realizações significativas: que a paz de Deus, que excede todo entendimento, continue guardando seus sentimentos e emoções no coração de Cristo Jesus, nosso Senhor. E é firmado nessa palavra que te oferto meu abraço e meu beijo.

Felicidades.

Saudades.

Thiago Ya'agob disse...

2011 chegou, minha amiga: com paz.


Boas férias.