2011-07-12

[entre auroras e tropeços]

Permitam-me salvar aquele menino que habita os porões da minha alma. Descobrir os mistérios da cidade. Achar o brinquedo que eu perdi na calçada.

Eu quero voar de novo com a minha bicicleta, mesmo que desta vez, o ET não esteja na carona.

Coleciono fracassos, mas, creio na ressurreição da vida. Continuo a ser a esperança dos loucos e desajustados. Duvido das minhas certezas, para poder viver exclusivamente da fé. Pode parecer loucura, mas, eu sempre gostei de montanhas russas.

Repilo os perfeitos, os campeões, os prepotentes. Mas por outro lado, tenho empatia a todos os desajeitados, os estranhos, os iludidos na sua desilusão, àqueles que continuam a insistir em fazer serenatas, mesmo que a janela da varanda nunca tenha se aberto.

Vou ao encontro dos que sentam no fundo da sala, daqueles que não se levam muito a sério, dos que nadam contra a corrente esperando a onda perfeita, mesmo não sabendo surfar direito.

Trago nas dobras da alma a esperança de um desfecho feliz, para uma história tão ensaiada e sonhada, que ainda não foi totalmente contada.


Minha vida...

Martini, Luciano

7 comentários:

Canteiro Pessoal disse...

Por sentir-me tocada, publico no jardim palavras de Luciano que tatuadas faz residência.

Parabéns Luciano! Vossas letras abrilhantam o olhar do leitor, particularmente o meu; regam o secreto da alma que molha a terra.

Abraços

Luciano Martini disse...

Muito Obrigado, Priscila.
Por sua gentileza e doçura em apreciar minhas confissões poéticas.

Abraço.


Luciano Martini

Celso Mendes disse...

Eu também sempre gostei de montanhas russas.

Texto encantador. Muito bom ter tido a oportunidade de lê-lo aqui. Parabéns ao autor e à sua sensibilidade, amiga.

beijo.

OutrosEncantos disse...

é, tatuam sim, na alma!
brilhante mesmo, Luciano!
e só você Priscilla, conseguiria me emocionar hoje.
obrigada!
beijooos.

A.S. disse...

O caminho faz-se caminhando... e no caminho da vida às vezes somos surpreendidos com a dureza da caminhada!


Beijos,
AL

Secreta disse...

Texto inspirador, que nos transmite confiança no sonho!

Secreta disse...

Passei para uma visita.
Beijito.